Dia a dia

Carnês do IPTU de Campo Bom já estão disponíveis para impressão na internet


  •   
  •  

Campo Bom – O cidadão de Campo Bom que quiser imprimir o carnê de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2018 já pode fazê-lo. A Prefeitura disponibiliza o material no Portal do Cidadão para que os contribuintes possam imprimir o carnê, principalmente para os interessados em efetuar o pagamento em cota única, até o dia 27 de janeiro, com 15% de desconto. Basta apenas acessar o site da Prefeitura www.campobom.rs.gov.br e clicar no banner PORTAL DO CIDADÃO que está na área inferior da página. O carnê também pode ser solicitado no Protocolo do Centro Administrativo Municipal ou pelo telefone (3598 8600, ramais 8678 e 7679, no setor de Protocolo), para que seja enviado por e-mail. A entrega dos carnês de IPTU nas residências ocorrerá a partir de 15 de janeiro. O reajuste do IPTU é de 5,8419%.

O prefeito Luciano Orsi destaca que no ano passado, devido ao IGPM do período, que é o índice de referência para reajuste do IPTU, não houve reajuste do imposto. “Entretanto, esse ano, a alta do IGPM causaria um aumento de 10,79%. Por isso, sensibilizados com essa situação e afim de encontrar uma alternativa viável, encaminhamos para a Câmara de Vereadores projeto que alterou o índice de referência utilizado para reajuste do IPTU no Código Tributário Municipal. Como solução, será adotada a partir de agora a média de quatro índices diferentes para definir o reajuste do IPTU: Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPC-A) e o Índice Nacional da Construção Civil (INCC). Isso mantém uma melhor harmonia no índice de reajuste, uma maneira mais justa de calcular o reajuste deste tributo que é essencial para o Município, mas que também tem um grande impacto no orçamento anual do contribuinte”, destaca o prefeito.

 




Formas de pagamento
Os campo-bonenses que pagarem o imposto à vista até o primeiro vencimento, 27 de janeiro, terão 15% de desconto. O contribuinte que optar pelo parcelamento, poderá fazê-lo em até 10 vezes a partir de 10 de fevereiro, com parcela mínima de 10 URMS (R$ 37,32) de acordo com a Lei 4.848 de 4 de dezembro/2018.
O secretário de Finanças, Fernando Trott, destaca que a opção de imprimir o carnê traz mais comodidade para o cidadão, que pode fazer tudo em casa e ter mais conforto. “Ao fazer a impressão do IPTU o cidadão ganha em agilidade, comodidade, segurança e conforto. E como ela já está disponível, consegue se programar melhor para efetuar o pagamento”, afirma.
Fonte: Imprensa PMCB
Criação de Sites Porto Alegre


  •   
  •  
  • 41
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse