Dia a dia

Apaes de Sapiranga e Nova Hartz organizam campanhas



  •   
  •  

Região – A Apae Sapiranga organiza seu trabalho em diferentes eixos de atuação, como na Escola de Educação Especial Recanto Esperança, Centro de Atendimento Especializado – CAE, Serviço Social e Clínica Interdisciplinar. A entidade, que auxilia no desenvolvimento de pessoas com necessidades especiais, com intuito de ampliar o atendimento, lançou, no último baile dos APAExonados, dia 16 de junho, a campanha “Abrace a Apae Sapiranga”. A ação permite ao cidadão, conforme material de divulgação, compartilhar um pouco de sua própria vida, fazendo parte do trabalho direcionado à melhoria da qualidade de vida dos alunos, através de doações de valores mensais, a partir de R$10,00, via débito em conta. Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica Federal e Santander estão cientes da campanha e aptos para efetuar a operação mensal.

Campanha em Nova Hartz

A campanha da Apae de Nova Hartz inicia em 1º de julho e funcionará através de uma parceria com os mercados do Município. De tudo o que for comprado da marca Doces Petry nos estabelecimentos da cidade, 1% do lucro líquido será revertido direto da empresa para a Apae do Município. A campanha terá fechamento trimestral, sendo que o primeiro cheque será encaminhado até o dia 15 de outubro. A Associação pede para que a comunidade procure nas gôndolas dos mercados o Selo da campanha e pergunte se o estabelecimento está comercializando produtos Petry.

Valores descontados do IR

O presidente da Apae Sapiranga, Carlos Wingert, reitera que a nova campanha foi pensada visando atender os cidadãos que, por vezes, não sabiam como ajudar. “Muitas pessoas da comunidade nos procuravam para ajudar a Instituição e não sabiam como. O débito em conta é uma maneira fácil e simples de ajudar a Apae. Já recebemos doações esporádicas, porém, para nós, é muito importante termos estes aportes mensais, pois assim poderemos melhor planejar o orçamento da Instituição . Vale lembrar que estes valores também poderão ser deduzidos do IR . Atualmente , em torno de 60% dos nossos recursos são oriundos dos poderes públicos. Os demais custos da Instituição provém de eventos realizados pela Apae”, explica Wingert.

A diretoria da instituição, liderada pela diretora geral, Marcia Maria Foscarini, que conta ainda com a diretora pedagógica, Eronita Telles Alvarez, e diretora clínica, Luciana Pereira, ressalta que hoje, a Apae atende 170 alunos, entre bebês, crianças, adolescentes e adultos. Sendo que cerca de 200 pessoas circulam pela instituição mensalmente, revelando a necessidade de maior abrangência das atividades. Hoje, a lista de espera da psicologia possui 9 pessoas; a fisioterapia está com 2 pessoas em lista e a fonoaudiologia, com 5 pessoas. “A intenção é ampliar o atendimento e zerar essa lista. Com uma doação fixa, há uma segurança de poder contar com o valor e poder se programar. Intenção é contratar profissional em área que hoje está deficitária, como a psicologia, e na estimulação precoce, nossa prioridade”, explica Marcia.

Doações para a Apae Sapiranga

A Apae Sapiranga está com a campanha “Quer dar um significado a sua vida?”, onde qualquer pessoa pode ajudar com doações mensais a partir de R$ 10,00 diretamente nas contas bancárias da instituição. Os valores arrecadados serão destinados ao atendimento de alunos portadores de necessidades especiais.


Banco do Brasil
Agência: 063-X
Conta Corrente: 64.491-9

Banco Banrisul
Agência: 0416
Conta Corrente: 06.0260500-6

Banco Bradesco
Agência: 1942-9
Conta Corrente: 39250-2

Banco Caixa Econômica Federal
Agência: 0514
Operação: 013
Conta Corrente: 00021482-1

Banco Santander
Agência: 1198
Conta Corrente: 60013724-0

Apae – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Sapiranga
CNPJ: 89.790.430/0001-68

Texto: Sabrina Strack            Fotografia: Apae Sapiranga

Criação de Sites Porto Alegre

  •   
  •  
  • 60
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Talvez você se interesse