Jed_Comunicação Anúncio Site JR_PoupeCredi_2
Jed_Comunicação Anúncio Site JR_PoupeCredi_1

Videocirurgias | Procedimento é pouco invasivo e traz vantagens aos pacientes

A evolução da medicina acompanha a evolução tecnológica, fazendo uso de novas ferramentas para aprimorar seus procedimentos. E um desses procedimentos que é viabilizado por avanços tecnológicos é a videocirurgia. Conforme o Dr. Eduardo Melnick, diretor técnico do Hospítal Sapiranga, das 400 cirurgias realizadas por mês, em média, na Casa de Saúde, 60 são videocirurgias.

“A maioria das cirurgias que envolvem entrar na cavidade abdominal, exceto cesáreas, são realizadas por vídeo”, explica o Dr. Eduardo. De acordo com o doutor, o procedimento é pouco invasivo. “Esta é uma técnica operatória minimamente invasiva que faz uso de microcâmeras. Este método possibilita ao médico a visualização do interior do organismo do paciente. Na maioria das vezes, as incisões não ultrapassam um centímetro”, revela o diretor. “Importante ressaltar que o equipamento também pode ser inserido nos orifícios naturais, causando muito menos incômodos e intercorrências para o paciente e para o médico”, lembra Eduardo.

No Hospital Sapiranga, as videocirurgias podem ser realizadas através do Sistema Único de Saúde (SUS), convênios, de forma particular e com desconto, pelo Cartão Saúde.

Doutor cita as vantagens do procedimento 

Para o Dr. Eduardo Melnick, as vantagens do método tornam o uso das microcâmeras procedimento padrão nas mais diversas áreas da medicina. Entre essas vantagens, estão os melhores resultados estéticos, a necessidade de realizar incisões pequenas, menor dor pós-operatória, menor sangramento e menor chance de complicações.

Benefício do pós-operatório

“A Videocirurgia foi desenvolvida para o benefício no pós-operatório. Como o portal de entrada é o que dói e na videocirurgia o portal é pequeno, a dor de recuperação é menor e mais rápida. Por isso que é cada vez mais a primeira opção de cirurgia. Temos cirurgias de ovários, trompas, úteros, e alguns casos mais graves de tumor, conseguimos fazer por vídeo. A retirada de cistos simples e ovários são as videocirurgias que mais fazemos, na minha área, além de ligaduras. As cirurgias são ambulatoriais, a pessoa faz e vai embora para casa. A pessoa que tem uma boa tolerância pode voltar às atividades no dia seguinte”, revela a ginecologista e obstetra Margit Schacker.

Quer ler o restante desta notícia? Assine a edição impressa do Jornal Repercussão. Ligue para: (51) 3064-2664

 

anuncio-delicia-728-90
anuncio-delicia-728-90

Identificados os responsáveis por homicídio em ...

Polícia

Reboque se desprende de veículo e atinge três m...

Geral

Horário de visitação no Morro Ferrabraz passa p...

Geral
Delícia Padaria e Confeitaria
Delícia Padaria e Confeitaria

23º Bebê do Ano: Voto Popular através do site do Jornal Repercussão é nesta q...

Entretenimento

Representante dos skatistas elogia pista bowl e Sapiranga prepara para novemb...

Entretenimento

Campo Bom oferecerá palestra gratuita sobre E-C...

Geral

Motorista fica preso às ferragens após capotame...

Geral

Homem é preso após matar mulher a facadas em No...

Polícia
Delícia Padaria e Confeitaria
Delícia Padaria e Confeitaria

Feirão do Brás descumpre ordem judicial em Sapiranga e é lacrado por Prefeitura

Dia a dia

Após pedalada de 487km, sapiranguenses chegam em Itapiranga (SC)

Esporte

anuncio-delicia-728-90
anuncio-delicia-728-90